sábado, 28 de novembro de 2015

VOODOO CHILD, FREEDOM, ARE YOU EXPERIENCED? APOTEOSE A JIMI HENDRIX

A INAUDITA MULTIVOCIDADE TRANSCENDENTAL da VISÃO HENDRIXIANA sobre a IMANÊNCIA HUMANA era reivindicada mediante as manifestações avatarísticas da MÚSICA UNIVERSAL incorporadas em sua inseparável guitarra Fender Stratocaster, desde os  tempos pregressos à fama  em que dormia nas ruas abraçado a esta que seria sua FIDEDIGNA COMPANHEIRA até o momento de sua misteriosa PARTIDA... 

Orquestrando a ONIPOTÊNCIA de uma REGÊNCIA UNÍVOCA em cada SÍNCOPE, ARRANJO, PROGRESSÕES HARMÔNICAS e MELODIAS, o  PROTAGONISMO PSICODÉLICO - LISÉRGICO de uma HETERODOXIA em estado puro que  destilava  em suas composições escritas incorporando a FÚRIA DO DESTEMOR ERUPTIVO DA CRIAÇÃO LIBERTÁRIA que  permeia  a verve que sagra o VERDADEIRO ARTISTA SANGRANDO A ALMA... 

Batizado JOHNNY ALLEN HENDRIX no advento de sua passagem terrena, nascido norte – americano, no berço musical da cidade de SEATTLE a 27 de novembro de 1942, sua efêmera  transfigurada eternal existência logrou êxito ao personificar nas ANTOLÓGICAS, DISRUPTIVAS, PIROTÉCNICAS e  PERFORMÁTICAS  expressões na guitarra o limiar da humana perfeição no manejo da interface pela qual o HUMANO ARTISTA abstraindo-se ousa transpassar o microcosmos designado na verossimilhança - na imanência mundana tangível que enclausura sua existência...  Culminando na TRANSCENDÊNCIA que imortaliza a ambivalência abstracional/concreta do SER subsumido ao momentâneo  êxtase estético  instilado  na inventividade da ARTE... Buscando na musicalidade a APOTEOSE da  OMNISCIÊNCIA  que subscreve  a SÍNCOPE AD INFINITUM do SOPRO DA VIDA...

Em 1970 morria o ARTISTA,  remanescia  a LENDA,  reverberando ainda nos dias atuais histórias acerca das APRIORÍSTICAS AMALDIÇOADAS  DIGRESSÕES HENDRIXIANAS que haveriam reportado para muito além da sua MÚSICA:   envolvendo até mesmo tratativas demoníacas – em todos os sentidos – incluindo a INCIDÊNCIA INFERNAL de  um contrato assinado de modo pueril no início de sua meteórica e devastadora trajetória artística tornada metaestável por este episódio, agregando - se a reveses outros, ambicionando manter e perpetuar o DESIDERATUM  CRIATIVO  de sua VERVE MUSICAL mediante o FLUXO DE CONSCIÊNCIA  pela TRANSCENDÊNCIA QUÍMICA  no uso abusivo do álcool e das drogas,  que estigmatizaram a ferro e fogo  a geração da CONTRACULTURA das décadas de 60/70,  cujos IDEÁRIOS e IDEAIS vislumbraram  em  JIMI HENDRIX um de seus MAIORES EXPOENTES, se não o PLENIPOTENCIÁRIO...



VOODOO CHILD, FREEDOM, ARE YOU EXPERIENCED? APOTEOSE A JIMI HENDRIX


POR JOÃO OLMEDO 

domingo, 11 de outubro de 2015

CYBERBIOTEOSOFIA TRANSUMANISTA ILLUMINATI, TERCEIRO OLHO LUCIFERIANO E A NOVA ORDEM MUNDIAL... CERN E LHC, PARTÍCULA DIVINA E A MATÉRIA ESCURA... AMERICAN WAY OF DEATH X RÚSSIA (WW3) E A QUESTÃO SÍRIA: ISIS E OS PORTAIS DA BABILÔNIA - A ASCENSÃO MUNDIAL DO ESTADO ISLÂMICO

E ASSIM CAMINHA A HUMANIDADE na antinomia entre a verossimilhança e o surreal neste ano de 2015, estigmatizado por um HOLOMOVIMENTO de APOCALÍPTICOS PROGNÓSTICOS...

Alinhavando nesta sórdida sincronia, ocorre a progressiva instauração do que denomino CYBERBIOTEOSOFIA TRANSUMANISTA operando em propagação viral - incluindo inserções na GRANDE MÍDIA MAINSTREAM, outrora subrreptícias e subliminares, cada dia mais explícitas - (...). Perpetrando a ascensão de uma HEDIONDA HOLORITUALÍSTICA de ALTERAÇÃO do ESTADO de CONSCIÊNCIA ANTROPOSÓFICO, na pretensão de redefinir a NATUREZA e o DESTINO de uma CIVILIZAÇÃO ainda HUMANA...

Esta teosofia hipertecnicista ascendente referencia a tão discutida  AGENDA GLOBALISTA  -- sob a égide prescritiva dos protocolos de uma NOVA ORDEM MUNDIAL (...). Ambicionando o advento de uma designada NOVA ERA na Historiografia da Humanidade -- reinstanciando as dimensões GEOPOLÍTICA, SOCIOECONÔMICA, RELIGIOSA e CIENTÍFICAS; anunciando a apoteose desta NOVA ERA advinda pelo protagonismo de uma revolução no Holossoma Corpo – Mente – Espírito (...)   Juramentando aos prosélitos do que seria uma legítima DOUTRINA ILLUMINATI LUCIFERIANA sagrada na GENEALOGIA SECULAR de uma ORDEM TEOSÓFICA OCULTISTA,  realizar a transfiguração total e definitiva da atual condição do homem através do avassalador, exponencial e imensurável avanço impulsionado pela mais perfeita sinergia entre CIÊNCIA, TECNOLOGIA e PARAPSIQUISMO ainda no Séc. XXI...

A NOVA ERA consagra como propósito primordial o que se poderia definir com uma SINFIOGÊNESE CYBER – HIGH – TECH TRANSUMANISTA trazendo consigo a crença na possibilidade de sua ordem atingir um PODER HUMANO DISCRICIONÁRIO ILIMITADO -- operando a onipotência de um amálgama ascensional, de uma CYBERBIOTEOSOFIA: arbitrária e hedionda fusão entre CIBERNÉTICA, BIOTECNOLOGIA, NANOENGENHARIA, MECÂNICA QUÂNTICA, PARAPSIQUISMO, PSICOTRÔNICA, dentre outros (...).  Pleiteando chegar a uma megacomplexidade metamórfica sobrehumana executada por engenharia que vislumbra nestes apoteóticos avatares transumanistas a personificação de um NEÓFITO HOMEM DEMIURGO na IMANÊNCIA TERRENA (...).   A sinfiogênese seminal de um NOVO HOMO SAPIENS SAPIENS, ressoando uma soturna regência metafísica -- orquestrada pelo HERMETISMO TEOSÓFICO ILLUMINATI LUCIFERIANO aparelhando a MATÉRIA ESCURA como interface entre a TRANSCENDÊNCIA e a IMANÊNCIA de um SER HUMANO historicamente dotado de uma AMBIVALÊNCIA ENERGÉTICA  CRÍSTICA/TRÉVICA oriunda da NATUREZA UNIVERSAL...

Embora esteja  funcionando como um holístico otimizador da antropogênese que almeja o aprimoramento absoluto da matriz neurofisiológica – orgânica da Raça Humana,  não se percebe claramente que esta TECNOCRACIA TEOSÓFICA está reverberando o estado puro de um mesmo erro: a ascendência de uma mesma METADEMIA ÉTICA – MORAL  - ESPIRITUAL - ASTRAL que já se fez presente  em outras passagens da HISTORIOGRAFIA HUMANA...  Esta distopia egoística endógena da natureza de nossa espécie pode estar sendo recrudescida a níveis jamais imaginados pela Teosofia Hipertecnicista de uma pressuposta Ordem Iluminatti Luciferiana que desconheceria limites na obstinada busca pela  PLENIPOTÊNCIA QUINTESSENCIAL...  O mesmo estado distópico que já sucumbiu inúmeras outras CIVILIZAÇÕES, ETHOS, ESPÉCIES, GÊNEROS, dentre outros padrões de matéria e energia do que se convencionou definir como VIDA na IMANÊNCIA TERRENA (...).


Esta simbiogênese entre HERMETISMO TEOSÓFICO secular e o  TRANSUMANISMO CYBER – HIGH – TECH imanente à ERA DIGITAL --  por mais abrangente, sistêmica e holística que seja a espiral ocultista portando a ‘Luz de seu Conhecimento’ --  não reproduz absolutamente nada que já não tenha sido vislumbrado/ambicionado pelas mais diferentes Linhagens Evolutivas nas mais remotas Eras (...).  Apresentando em  comum com  todas  estas,  a mesma GANÂNCIA E INSACIÁVEL SEDE DE PODER ETERNAL intrínseca ao HOMO SAPIENS SAPIENS.  Talvez pleiteando a mesma PLENIPOTÊNCIA AD INFINITUM; cultuando as mesmas TEOFANIAS, EPIFANIAS,  DEMIURGOS, ARCANJOS, DEMÔNIOS; ou quaisquer que sejam as transcrições arquetípicas representando as manifestações holossômicas imanentes à AMBIVALÊNCIA HUMANA... Seja dentre tantas outras MITOLOGIAS, METÁFORAS, ALEGORIAS, INSÍGNIAS, a verdade é que, desde o advento da Humanidade aos dias atuais, serviram somente para determinar uma arbitrária ENGENHARIA  ESPIRITUAL,  semelhante  a uma escusa EGREGORA destinada a reger um UNÍSSONO de VOZES MENTAIS escravizadas pelas IDEOLOGIZAÇÕES e/ou DOUTRINAÇÕES que jamais nos conduziram a absolutamente nenhuma evolução ÉTICA -   MORAL – ESPIRITUAL. Algo inacreditavelmente invisível aos olhos dos séquitos humanos das designados pelo Grande Triunvirato Monoteísta: CRISTIANISMO, JUDAÍSMO, ISLAMISMO, ou ainda, na  MEGALOMANIA METAFÍSICA TEOSÓFICA OCULTISTA (...)
Autoproclamando – se os DEMIURGOS de uma NOVA ERA, os atuais preceptores de uma apriorística NOVA ORDEM MUNDIAL professam uma deontologia transgressora e  subversiva que reverencia a “PRETENSA POTESTADE PORTADORA DA LUZ DE UMA OMNISCIÊNCIA LIBERTÁRIA...  O MOMENTO DO DESPERTAR DA DORMÊNCIA MILENAR DA ALMA HUMANA” através  das diretrizes autenticadas por um pretenso OCULTISMO TRANSUMANISTA que seguiria os desígnios de uma ORDEM ILLUMINATI LUCIFERIANA, na interpretação de muitos), paramentada por ABADIAS TECNICISTAS tergiversando ao escrever as linhas transgressoras de neófitos códices que alçam uma  apoteose CYBER – HIGH – TECH MARCIAL que promete  conduzir à IMORTALIDADE HUMANA na IMANÊNCIA  TERRESTRE  (...)

A ambição humana por atingir uma apoteose absolutista existencial ainda vivenciando a realidade terrena, glorificando uma APOSTASIA MILENAR que insurge contra o MONOTEÍSMO de um ALTÍSSIMO UNO INDIVISÍVEL PLENIPOTENCIÁRIO foi retratada em GÊNESIS 10:11, mostrando profunda reverberação filosófica no DEICÍDIO anunciado séculos mais tarde  pelo SUPERHOMEM do filósofo alemão FRIEDRICH NIETZSCHE, anunciando o DNA analítico seminal que culminaria em uma MEGALÔMANA OMNISCIÊNCIA POSITIVISTA ANTIMETAFÍSICA ANCESTRAL do TRANSUMANISMO MODERNO, tornada operacional pela visionária interface analítica de AUGUSTO CONTE e SAINT SIMON --  personificando a vertente seminal de uma gênese idealista que ambiciona, nos dias atuais a SINGULARIDADE TRANSUMANISTA CYBER – HIGH – TECH INICIÁTICA designada por uma altiva antroposofia sempre presente na historiografia da cobiça do homem por cosmovisões de expansão e conquista de DIVINAS ATMOSFERAS CELESTIAIS INEFÁVEIS...

Estes devaneios sonhando uma Nova Realidade Terrena já eram alimentados na ANTIGUIDADE BABILÔNICA, EGÍPICIA e CHINESA, além de todas as demais ritualísticas pagãs da religiosidade secular profana milenar encarnando a megacomplexidade mitológica - mística – esotérica dos ARCANOS ASIÁTICOS – ORIENTAIS...  Na idolatria às INSÍGNIAS OCULTISTAS de TEOGONIAS APOTEÓTICAS reverenciando DEUSES – SERPENTE, OLHOS DE HÓRUS, DRAGÕES SATÂNICOS, ARCANJOS CAÍDOS LUCIFERIANOS,  dentre tantas outras na ANCESTRALIDADE MÍSTICA HUMANA, que desde sempre ousou a pretensão de reconstruir a antropogênese de toda uma espécie (...)


 Atenhamo – nos ao fato de que a supremacista hedionda holoritualística sagrada pela atual CYBERBIOTEOSOFIA TRANSUMANISTA ILLUMINATI LUCIFERIANA  tem sua origem designada por  um arcano atemporal e n – dimensional que transpassa toda a Historiografia Humana: agregando  desde os ritos ancestrais executados pela XAMANÍSTICA ETNIA AMERÍNDIA dos ÍNDIOS NORTE – AMERICANOS  descendentes diretos da CIVILIZAÇÃO ATLANTE ANTEDILUVIANA  -- passando pela iniciática vertente ILLUMINATI embrionada no advento da ORDEM ILLUMINATI da BAVIERA, fundada por ADAM WEISHAUPT, datando do ano de 1776; na TEOSOFIA LUCIFERIANA SATANISTA de HELENA PETROVNA BLAVTSKI e ALEISTER CROWLEY, e no POSITIVISMO de AUGUSTO COMTE e SAINT – SIMON, ambas já em sincronia com o advento da SEGUNDA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL (...).  Todas as referidas tiveram a mais profunda ascendência sobre o atual objetivo único de realizar a definitiva apoteose de um  NOVO HOMEM – DEUS prescrito pelos  protocolos de uma NOVA ORDEM MUNDIAL TRANSUMANISTA (...).

CERN E LHC, PARTÍCULA DIVINA E A MATÉRIA ESCURA


Na cenografia conjuntural pós – descoberta da Protopartícula Elementar de Higgs – Boson, batizada PARTÍCULA DIVINA,   em virtude da sua imanente funcionalidade geradora de massa e coesão em todo o HOLOSSOMA QUÂNTICO UNIVERSAL,  datando do ano de 2012,  o Animus Científico transcendeu a ascendência arcaica, intransigente e dogmática da  Metafísica Religiosa Ortodoxa. Ousou digressões libertárias,  sonhando desvelar Portais Energéticos Transdimensionais. Ambicionando uma MEGALÔMANA ASCENSÃO PLENIPOTENCIÁRIA QUINTESSENCIAL. Autenticando o SANTO GRAAL de uma OMNISCIÊNCIA mediante o aprimoramento progressivo e exponencial no modus operandi do megacomplexo catalisador da fenomenologia quântica do Grande Colisor de Hadrons pelo CERN.

A despeito de vislumbrar o vanguardismo de um Novo Tempo,  mediante o aparelhamento de hipertecnicismos metaestáveis como o do LHC (LARGE HADRON COLLIDER), a tentativa de manipulação da GENOTIPIA CÓSMICA, traz potencialmente consequências imprevisíveis,  até mesmo imponderáveis  pelo atual estágio humano de  domínio científico e tecnológico (...). É imprescindível que haja o mais perfeito entendimento do que seja a imprevisibilidade desta tentativa de manipulação dos elementos fulcrais da  FISIOLOGIA MATRICIAL UNIVERSAL...


Avalizando de maneira inexpugnável esta visão, poderíamos considerar a apriorística incidência  de  uma MEGAPOTÊNCIA FENOMENOLÓGICA QUÂNTICA CÓSMICA da MATÉRIA ESCURA já estando atuante na Humana Realidade Terrena, manifestando – se   em uma sediciosa manipulação pelo corpo científico do CERN através da crescente funcionalidade no aparelhamento  do LHC  (...). Poderiam assim estar, por meio deste pressuposto pérfido processo, instilando uma influência determinante na atual manifestação extrema de todas as idiossincrasias de Beligerância, Terror, Ódio e Destruição inerentes à Essência Humana,  transcorrendo neste momento por toda a face da Terra (...).Almejando a  viabilidade  de se estabelecer  a arbitrária, anárquica e distopica dominância humana sobre a MATÉRIA ESCURA – AUTÊNTICA MEGAPOTÊNCIA MANANCIAL ENERGÉTICA INVISÍVEL de FORÇA GRAVITACIONAL, a manifestação de uma matéria disruptiva e heterodoxa abstraída de quaisquer partículas conhecidas  designando a ARQUITETURA  ASTROFÍSICA  AD INFINITUM...
A designada DARK MATTER MATÉRIA ESCURA seria a força – motriz de uma maestria matricial determinando a arquitetura de toda a HIERARQUIZAÇÃO HOLOSSÔMICA CÓSMICA – pela legítima dialética astroteológica de uma GRANDILOQUÊNCIA DIVINA UNIVERSAL...  Ao contrário da matéria normal, a Matéria Escura não interage com a força eletromagnética. Isso significa que a DARK MATTER não absorve, reflete ou emite luz, o que a torna extremamente difícil de detectar. Na verdade, os cientistas foram capazes de inferir a existência de MATÉRIA ESCURA apenas do efeito gravitacional que a mesma parece ter sobre a MATÉRIA VISÍVEL. A síntese da Dialética Cosmológica na intersecção MATÉRIA ESCURA X MATÉRIA VISÍVEL, traz como resultante  uma DARK MATTER configurando mais de 80% de toda a matéria no Universo. Os cientistas pensam que as partículas de Matéria Escura foram alguns dos poucos tipos de partículas criadas no BIG BANG que são estáveis ​​o suficiente para ainda estarem presentes no atual design da entropia universal (...).  Experimentos no GRANDE COLISOR DE HÁDRONS (LHC) podem fornecer mais pistas diretas sobre a Matéria Escura. Inúmeras teorias dizem que as partículas de Matéria Escura seriam leves o suficiente para ser produzidas no LHC. Sendo foram criados no LHC, eles iriam escapar de maneira escusa aos detectores. No entanto, levariam longe Energia e Momentum (...) Os cientistas poderiam inferir a sua existência a partir da quantidade de Energia e Momentum desaparecidos após uma colisão. Actantes potenciais da Matéria Escura surgem frequentemente em teorias que sugerem a FÍSICA para além do Modelo Padrão, como, por exemplo, as conjecturas sobre conceitos como Supersimetria e Dimensões Extras (...). Caso uma dessas teorias se incorpore à realidade factual,  lograr – se – ia êxito em depreendermos como o Universo é composto e, em particular, como as galáxias se mantêm unidas (...).

A ANTIMATÉRIA e a gênese da MATÉRIA ESCURA que não podemos vislumbrar  – senão pela perplexidade diante de seu invisível poder  de interação com o HOLOS de uma REALIDADE UNIVERSAL (…) Fenomenologia parapsíquica em estado puro, subsistindo simultaneamente em TODO LUGAR e em LUGAR NENHUM...  MATÉRIA ESCURA essencialmente pró – ativa na GEOMETRIA HIPERESPACIAL COSMOGÔNICA, detendo ainda  uma insidiosa INTERFACE INTERDIMENSIONAL quase desconhecida, que potencialmente poderia atuar como uma SIGNATÁRIA do que seriam ASSINATURAS ENERGÉTICAS TRÉVICAS exercendo hedionda ascendência sobre a PSIQUE HUMANA...

Existe a alegação de que o CERN estaria operando uma reprodução totalmente irresponsável, inconsequente e leviana da DARK MATTER MATÉRIA ESCURA na emulação holoritualística da funcionalidade universal  colidindo hadrons na arena megaestrutural do LHC (…)

Haveria então  a possibilidade de a mesma estar sendo avocada sob a égide de algumas das mais espúrias idiossincrasias humanas, convertida em  uma atratora do  mais nefasto nêmesis –  encarnando a voracidade de um VÓRTICE DE FENOMENOLOGIA TRÉVICA detentora de uma extensão  de poder desconhecida pela HUMANA CIÊNCIA  (...).

Aliás, o TRIUNVIRATO ANTIMATÉRIA – MATÉRIA ESCURA – ENERGIA ESCURA  desvela e clareia a concepção progressiva e inexpugnável de que as idiossincrasias fenomenológicas da psique humana alternam - se eternamente em um estado ambíguo quântico entre MALEVOLÊNCIA/BENEVOLÊNCIA, ENERGIA TRÉVICA/ENERGIA CRÍSTICA... PRIMUM INTELLIGERE, DEINDE CREDERE, para que encontre o DESIDERATUM potencial de um súbito despertar buscando diretrizes anímicas ascensionais para o PERISPÍRITO... Sob a ascendência atemporal e n-dimensional de uma PLENIPOTÊNCIA QUINTESSENCIAL AD INFINITUM operando por via da OMNISCIÊNCIA a DESAGREGAÇÃO QUÂNTICA que nos resolve na LUZ...   Ou na ESCURIDÃO...

Através de uma ascendência absoluta sobre os Mantras Matriciais da MECÂNICA QUÂNTICA,  o Transumanismo da   CYBERBIOTEOSOFIA emularia espuriamente um PARAPSIQUISMO PLENIPOTENCIÁRIO: o HOLOS de uma OMNISCIÊNCIA preconizada por uma DOUTRINAÇÃO ILLUMINATI em sua Reverência Ritualística Semiótica Secular ao TERCEIRO OLHO LUCIFERIANO –  O OLHO QUE TUDO VÊ - personificado na manifestação avatarística  do DEUS HINDU SHIVA...   Ao agregar Ciência e Espiritualidade pelo manejo instrumental da ANTIMATÉRIA mediante o LHC, atingiriam a interdimensionalidade -- viabilizando a autênticas APARIÇÕES DE ENTIDADES oriundas de outras dimensões na IMANÊNCIA TERRENA. Inicializando uma NOVA ERA em meio a TEOFANIAS, EPIFANIAS, DEMIURGOS, ARCANJOS E DEMÔNIOS em VERSÃO 3D (!?) no Optimum das experimentações quânticas do LHC, fato que já se cogita  haver sucedido em algum momento transcendental na megaestrutura   (...) Estaríamos então diante de uma inacreditável Interface Hipertecnicista Quântica interseccionando DIFERENTES MUNDOS, o ACELERADOR DE PARTÍCULAS contextualizando a   TORRE – TEMPLO de BABEL (com o termo Babel, na etimologia acadiana/babilônica, significando "Porta de Deus") que conduziria o REI NIMROD ao DESIDERATUM de um DESPOTISMO QUINTESSENCIAL alcançando a PLENIPOTÊNCIA DIVINA...
A New World Order enfatiza descaradamente sua cruzada pan – demoníaca nas ações promovidas pelo Tríade versão Cyber – High – Tech – Transumanista CERN – HAARP – CHEMTRAILS,  apresentando os matizes da HOLORITUALIZAÇÃO EUGENISTA de uma sangria sacrificial sagrando a NOVA ERA pela parabiose entre a megacomplexidade de manipulação dos HADRONS do HOLOSSOMA QUÂNTICO UNIVERSAL do LHC agregando – se à ALQUIMIA EUGENISTA dos CHEMTRAILS, e a GEOENGENHARIA IONOSFÉRICA do PROJETO HAARP  intentando o controle  geoclimático megapotenciário sobre o SISTEMA VIVO DE GAIA, reinstanciando radicalmente os parâmetros geológicos e neurobiosféricos do PLANETA (...)

Ambicionariam o STATUS QUO luciferiano encarnando uma fenotipia hipertecnicista como NINRODES SOBREHUMANOS? Pleiteando plenipotência pela interface de MEGAESTRUTURAS QUÂNTICAS  ASCENSIONAIS AD INFINITUM?

Abstraindo a  semiótica  denotada no CÍRCULO de FOGO  abalizando a imagem do DEUS SHIVA,  vislumbra – se uma soturna semelhança com o cerne axial da megaestrutura do LHC (...). Para além de NIMRODES HIPERTECNICISTAS, TORRES DE BABEL QUÂNTICAS, DANÇAS DA DESTRUIÇÃO DE SHIVA subsumidas em megacomplexos científicos, uma metafísica atemporal e n – dimensional nos traz uma  hermenêutica mitológica intrigante e aterradora - na transliteração entre os nomes ABADOM – APOLLO – APOLIOM – SHIVA,  atenham – se  ao local da sede do CERN, em Genebra, Suíça, cientes de que a megaestrutura foi construída sobre o antigo TEMPLO APOLLIACUM,  considerado na época um PORTAL para o SUBMUNDO, consagrado ao DEUS APOLLO (...).  Confrontando os fatos, culminamos na perplexidade de uma analogia como o  APOCALIPSE 9:11 de JOÃO:
“ ...E TINHAM SOBRE SI O REI, O ANJO DO ABISMO;EM HEBREU ERA O SEU NOME ABADOM; E EM GREGO APOLIOM...”
Avalizando esta aterradora dialética hermenêutica, basta um mero olhar sobre a estátua do DEUS SHIVA, O DESTRUIDOR, situada em frente à  sede do CERN... SHIVA era chamado APOLIOM NA Grécia – autenticando a transliteração inexpugnável de uma mesma ENTIDADE...

Um anúncio  do CERN veiculado este ano na Europa mostrava seus funcionários executando a HOLORITUALÍSTICA DANÇA DA DESTRUIÇÃO DE SHIVA...

Diante da natureza hermenêutica e heurística apresentada  (...)
ANTIMATÉRIA, MATÉRIA ESCURA, ENERGIA ESCURA, SUPERSIMETRIA, PORTAIS INTERDIMENSIONAIS, UNIVERSOS PARALELOS, EPIFANIAS, TEOFANIAS, manifestações espectrais no arranjo do CONTINUUM CÁOTICO  AD INFINITUM...  Dentre todo este mosaico infinito de interações fractais transladados nos experimentos científicos no LHC,  o Cern preconiza reproduzir o  exato momento do BIG BANG – A EXPANSÃO CÓSMICA DA GÊNESE UNIVERSAL (...) Na superintendência de um  megacorporativismo teosófico – científico – tecnológico glorificando pela AGENDA GLOBAL TRANSUMANISTA a apoteose da Protopartícula Elementar de Higgs – Boson,  --   sacralizando o mesmo como a TORRE DE BABEL QUÂNTICA que potencialmente conduziria o homem à ONIPOTÊNCIA DIVINA...
A ALTÍSSIMA ASCENDÊNCIA AD INFINITUM reverberando a MAESTRIA dos MANTRAS MATRICIAIS UNIVERSAIS, orquestrará a OMNISCIENTE  SÍNCOPE QUINTESSENCIAL PLENIPOTENCIÁRIA do Holos Transdimensional, dissipando o veneno da Alma Humana em energias menos utilizáveis...  Mantendo a sinergia do SISTEMA CÓSMICO...  Destruindo  definitivamente  mais um rompante da dantesca, megalômana e mórbida psique de uma espécie operando a hedionda tentativa de manipulação do HOLOMOVIMENTO HOLOSSÔMICO QUÂNTICO UNIVERSAL...

A presciência de um HEDIONDO HOLOMOVIMENTO sucede neste momento: quer  seja no  HERMETISMO METAFÍSICO TEOSÓFICO designando as soturnas circunvoluções caóticas  imanentes  à intolerância, à intransigência, à insanidade  hermenêutica na condição de guias da cegueira  conceitual humana... Quer seja incitando ao genocídio fractal  aniquilador  pela xenofobia maquinal autofágica:   quer seja no pragmatismo dos biomas beligerantes das GUERRAS de conquista e expansão,  ao transgredirmos os direitos que deveriam assistir ao HOLOS  de uma  HUMANIDADE, cuja maior parte  sucumbe em sangrias glorificando DEUSES ANTROPOMORFOS PSICÓTICOS, GENOCIDAS E EUGENISTAS  que subvertem as LEIS da EQUIDADE, da JUSTIÇA, do JUSNATURALISMO  UNIVERSAL vigente em sua JURISDIÇÃO OMNIPOTENS AETERNI, estamos deflagrando o marco axial e irrevogável do FIM DA  ATUAL CIVILIZAÇÃO HUMANA (...)  Talvez uma condição sine qua non vislumbrando uma necessária REINICIALIZAÇÃO...  Quem sabe em outro SHEMITAH, ou, mais precisamente, na próxima SUPERLUA DE SANGUE em 2033...

AMERICAN WAY OF DEATH X RÚSSIA (WW3): A QUESTÃO SÍRIA, ISIS E OS PORTAIS DA BABILÔNIA –   A ASCENSÃO MUNDIAL DO ESTADO ISLÂMICO

O Modus Operandi AMERICAN WAY OF DEATH OBAMISTA segue agindo na ignomínia de uma megapotência que  ambiciona um PLENIPOTENCIÁRIO TOTALITARISMO TRANSNACIONALISTA AB SOLUTUS  avultando – se  sobre a realidade GEOPOLÍTICA – SOCIOECONÔMICA – RELIGIOSA, engendrando a eugenia elitista excludente da grande maioria, constando a planificação da meta redução geopopulacional humana, aprioristicamente estabelecendo a uma limiar máximo de 500 milhões de pessoas vivenciando o  Novo Mundo Hiperbóreo sob jurisdição NWO (...).

BARACK HUSSEIN OBAMA, PAPA FRANCISCO e demais proponentes oficiais de uma NOVA ORDEM MUNDIAL  se autodenominam avalizados a reverter o pan - demoníaco status quo da hodierna realidade terrena sob a égide de uma apriorística argumentação que defende a necessidade inadiável da gênese de um GOVERNO MUNDIAL ONIPOTENCIÁRIO operando ORDO AB CAOS em prol da  resolução das mais aterradoras ambivlências autodestrutivas da  NATUREZA  HUMANA DEMASIADO HUMANA (...) 


Na verdade, o Totalitarismo Transnacionalista Iluminati tenciona o que se designa NOVUS ORDO SECLORUM sagrando a HOLORITUALÍSTICA OMNISCIÊNCIA subsumida na semiótica milenar do TERCEIRO OLHO LUCIFERIANO (...). Reincidindo desta maneira na  mesma METADEMIA ÉTICA – MORAL – ESPIRITUAL que sucumbiu, em algum momento, a amplitude de uma ancestralidade humana  assentada nas demais linhagens evolutivas das RAÇAS – RAIZ que vivenciaram a imanência terrena retroagindo às remotas eras designadas na sempiterna espiral espácio – temporal  do Holossoma Cósmico (…)
 A NEW WORLD ORDER NOVA ORDEM MUNDIAL é a mais perfeita manifestação fenotípica da distopia esignada pelo Megacorporativismo Geopolítico - Financeiro  de uma  Grande Elite Internacional Eugenista  -- AMERICAN WAY OF DEATH OBAMISTA, CLUBE DE BILDERBERG, GEORGE SOROS, ROCKFELLER, HOTSCHILD, KISSINGER, BUSH, REALEZA BRITÂNICA, dentre outros disseminados  na  MATRIX/DNA MEGACORPORATIVISTA POLÍTICA - FINANCEIRA MUNDIAL (...).  Reivindicando uma verdadeira versão Illuminati Luciferiana da Historiografia Humana,  que postula  a autenticidade de uma ascendência hereditária supremacista que se justificaria pela presença de DNA DIVINO CELESTIAL transcrito de geração a geração na imanência genealógica de todas as famílias que integram a linhagem das Monarquias / Realezas consagradas na Imanência terrena. Desta forma,  suas subliminares insidiosas insígnias dinásticas representam as axiais aristocracias da atualidade portando o hibridismo supraterreno em seu sSangue real atualmente a autêntica descendência direta dos DEUSES – SERPENTE reverenciados na ANTIGUIDADE BABILÔNICA, EGÍPCIA e CHINESA. Teríamos então  genotipia supraterrena satânica  disseminada pelos quatro cantos da Terra até os dias atuais pelo DNA HÍBRIDO de Reis, Rainhas, Príncipes e todos os demais graus hierárquicos subsumidos a  uma genealogia agraciada assim pelo galardão de  uma Genotipia Heterodoxa Supraterrena amplamente distinta e superior ao restante da Humanidade(...) Arbitrando a sorrateira apoteose abstracional e pragmática do Iluminismo Luciferiano que vem se propagando viralmente de maneira progressiva através da ostensiva amplitude de uma  megaestrutura semiótica subliminar impregnada na fisiologia social humana por uma subserviente Grande Mídia Mainstream veiculando a plenitude da produção, recepção  e funcionalidade na  emissão  dos SIGNOS SATANISTAS axiais à ascese revolucionária do TOTALITARISMO TRANSUMANISTA CYBER – HIGH – TECH MARCIAL   de uma NOVA ORDEM MUNDIAL NEW WORLD ORDER (...)
No vídeo acima (https://www.youtube.com/watch?v=AzQk-5g3-O8&authuser=0) o Chefe de Estado da Rússia,  VLADIMIR PUTIN argumenta incisivamente ao determinar uma heurística acurada, categórica e pragmática desconstruindo o AMERICAN WAY OF DEATH OBAMISTA, ensaiando a presciência que  perscruta o destino de toda uma Civilização Humana  cada vez mais perplexa diante da aterradora ambiguidade do Estado Americano na QUESTÃO SÍRIA (…) Sintetizando na mais disruptiva inferência, afirmo que a PSICOPATOCRACIA DO FUNDAMENTALISMO GENOCIDA DO ESTADO ISLÂMICO  nada mais é do que um ESTARRECEDOR ESPELHO ABSTRACIONAL feito à IMAGEM e SEMELHANÇA de seu  DEUS – CRIADOR: a PSICOPATOCRACIA DO FUNDAMENTALISMO  GEOPOLÍTICO - ECONÔMICO DO ESTADO – NORTE AMERICANO (contextualizado, na QUESTÃO SÍRIA,  agregando - se às  eternais antinomias  religiosas que amaldiçoam os países da região do conflito, a ambição arrivista pelo VINHO DA FÚRIA vertendo nos mananciais petrolíferos) vincado na sua INSACIÁVEL SEDE SECULAR IMPERIALISTA ambicionando a sede de PLENIPOTÊNCIA AD INFINITUM...  Desconhecendo limites, incitando a ASCENSÃO PLANETÁRIA DO ISIS/ESTADO ISLÂMICO - recrudescendo para muito além do INFERNO SÍRIO --  atingindo a apoteose de uma geoexpansão aparentemente irrefreável do TERRORISMO JIHADISTA ANTICRISTÃO.  Sob a égide da leniência norte – americana (A HEDIONDA, ARRIVISTA E INSIDIOSA INSTRUMENTALIZAÇÃO BY AMERICAN WAY OF DEATH REFERENCIANDO HISTORICO INCESSANTE IRREFREÁVEL INTERESSE NA MULTÍVOCA MEGACOMPLEXIDADE GEOPOLÍTICA - SOCIOECONÔMICA - RELIGIOSA SUBSUMIDA AOS PAÍSES DA REGIÃO ABALIZANDO A QUESTÃO SÍRIA).   Aparelhando  a espúria, escusa e subrreptícia sanha paramilitar mercenária do  ISIS  - -   desvelando os PORTAIS DA BABILÔNIA na ASCENSÃO DO ESTADO ISLÂMICO...  AS HORIZONS END...
“ ...ENQANTO BARACK HUSSEIN OBAMA AGUARDA  A CHEGADA DO SEU VENERADO MAHDI MESSIAS ISLÂMICO,  REVERENCIANDO ALAH E MAOMÉ,  NOS RAROS MOMENTOS DE CONTEMPLAÇÃO MEDITATIVA EM QUE  O DÉSPOTA TRAIDOR DE SUA NAÇÃO DESCANSA DA ÁRDUA TAREFA DE SEGUIR ORQUESTRANDO PROGRESSIVAMENTE A DESTRUIÇÃO DE TODA A CIVILIZAÇÃO JUDAICO – CRISTÃ QUE TANTO ABOMINA...”
POR JOÃO OLMEDO 






quarta-feira, 7 de outubro de 2015

INFERNO


O Inferno se erige na visão de vaticinadores visionários, contemplando a finitude humana no Caos do Cosmos Infinito
Renegam que a finitude única é a do vosso saber...
A Natureza – mãe revolta regurgita sua prerrogativa de suprema criadora do mosaico infinito de inferências caóticas que somos nós
Ciclo de vida – morte – destruição – recriação no desmesurado Útero Universal...

 O Homem cria suas máquinas espirituais reverberando realidades surreais, perpetrando a maestria de mantras midiáticos, inoculados em infinitesimais intangíveis à luz da  mente, pregressas à prerrogativa do pensar 

O Mesmo não supõe ser uma imagem surreal do real essencial , que se  apagará lentamente, desaparecerá em absoluto, padecerá ao perecer
Renascendo por outras vias que não as  insidiosas rodovias em rituais, religiões, raves da consciência que ensinam a morrer, jamais a viver
Cultivando o claustro em cátedras catatônicas cáusticas – Hóstias, Santo Daimes ou Drinks no Inferno, seja como for...

Bestialização humana em Baghavad Gita, Torah, Talmud, Alcorão...
Amortizando a Amplitude Analítica, na Perrogativa do Pensar Presenteada pela Apoteose de Gaia 
Inversão de valores em  Index Librorum Prohibitorum, Homines Religiosi
Escravidão dos Humanóides pelos 07 Corpos  – Marcos Aurélio de Lemos denunciou tais abusos da alma
Inferno
POR ISSO ME APRAZEM TANTO  JARDINS DE FOGO EM INFERNOS SUBALTERNOS, 
 LIMBOS OUTONAIS EM DIGRESSÕES NA EXISTÊNCIA CINZENTA,
 CÉUS DE ÉTER EM PREMISSAS ETERNAIS...
Sectarismo sujo sórdido “somos bons em demasia para esse Universo ungüento de desterradas almas’’
Antes acreditar no nada do que em nada acreditar...

Aos entronizados em embevecida égide, neófitos da nadificação nefasta sustentada pela morbidez metafísica
Aos que recorrem a mórbidos olhares lançados usualmente diante de sua caótica contemplação
Inferno 

Suas contradições, suas cores cruas e sombrias
Enlevando a entropia etérea no eterno embate ao amargo regresso à rotina convencional
Não mais o amanhecer de outrora
Amálgama de verdades projetando pruridos na alma
Ventos vetustos na vastidão
Inferno
POR ISSO ME APRAZEM TANTO  JARDINS DE FOGO EM INFERNOS SUBALTERNOS, 
 LIMBOS OUTONAIS EM DIGRESSÕES NA EXISTÊNCIA CINZENTA,
 CÉUS DE ÉTER EM PREMISSAS ETERNAIS...
Enfastiado destas abaciais políticas – químico - etéreas
Albergue de almas nas quais me entorpeço no elixir etéreo - etílico - sectário

Mantendo a mesma mediocridade existencial de outros convertidos a catacumbas de civilizações em catárticas convenções
Sectarizados em seitas infernais irremediavelmente - todos os nós -
Este é o cerne conceitual denotado em minha diatribe literária, absoluta ênfase no criticismo à planificação do pensamento prosaico
Inferno

Túneis da realidade, crepúsculo ideário em ídolos
Inimigos incitando imersões nos subúrbios do ser
A despeito de, o feitiço insurge contra o autor
Gerindo o caos e o abismo da subjetividade subversiva subvertendo sânscritos subjugadores do existir – pensar
Mensagens sublimes de servidão sacramentadas

Inferno
POR ISSO ME APRAZEM TANTO JARDINS DE FOGO EM INFERNOS SUBALTERNOS, 
 LIMBOS OUTONAIS EM DIGRESSÕES NA EXISTÊNCIA CINZENTA,
 CÉUS DE ÉTER EM PREMISSAS ETERNAIS...
Preâmbulos de um passado postergado, delineados em delírios em prefácios pós – modernos
O bem- estar na miséria me acalenta
A culpabilidade minha, apenas a isto almejam
As chagas sob o andar delineando dores profundas dos recônditos da alma andando em ritmo andante não mais me importunam
Transmutação que se espelha em vidas tão mal vividas, entronizando a miséria da efemeridade, mesmice em mórbida continuidade
Vaticinando terror mediante muros de lamentações
Visões de Armistícios de almas anatematizando aos que vêem em visão outra
Homens – Bomba insidiosos incinerando vidas, acorrentando multidões de gritos de ecos inaudíveis
Aos que se faz impossível ouvir com olhos etéreos
Inferno 

Benfazejo seja o momento advindo de findar essa tragédia
Não mais luzes difusas em terror de noites claras de medo, tormento, angústia
Exorcizar o que me exorbita a miríades de tempos remotos do tempo sem princípio
Escoando gritos mântricos em mãos em pseudomaestria cósmica
Sanções samsáricas transliteradas em pesos, medidas, perspectivas, normas, dogmas
Inferno 

Normatizam a existência subserviente à essência
Regurgito valores tais, não me tem mais serventia alguma
Administro demônios meus, autonomia sobre minha autofagia
Em meu âmago o amargo servilismo deixo para trás
Inferno 
POR ISSO ME APRAZEM TANTO  JARDINS DE FOGO EM INFERNOS SUBALTERNOS,
 LIMBOS OUTONAIS EM DIGRESSÕES NA EXISTÊNCIA CINZENTA,
  CÉUS DE ÉTER EM PREMISSAS ETERNAIS...
SAGRANDO A  UNIVOCIDADE INFINITA  DE CADA MOMENTO...
Admoestando o ódio à vida em raízes entronizadas na escolástica da absolutez da verdade
Masmorrice mântrica desmemoriada
Vêem através de que, se sequer lembram através de onde?
Escultores da estultícia estereotipada, progenitores da parvoíce panteísta
Inferno

Destituindo – me do corpo cármico que jamais cessa me atormentar
Sedimentando somente em sonhos essa realidade
Véu de Maya em névoa densa nefasta obliterando a inferência na existência do pensar
Que se desvela na luz difusa do pensamento transmutado em devaneios tergiversando na teratologia da alma
Inferno 

Sendas sublimes que se abrem em insigths infinitesimais 
Incinerando vetustas valorações morais, ímpio, incrédulo, imoral 
A chama que queima, advento da criação
O caos é a catarse de minha alma
Inferno 

No limiar da tolerância para com a chuva negra nefasta normativa que oblitera a claridade do pensar
Obscurantismo Secular saciando a sede sadomasoquista etérea

Arrastando – me violentamente na madrugada, sublimando a insaciável sede de viver 
Desesperando minha mente na sentença de jamais poder desvelar a realidade

No Gods, no Masters, no Signum Aeterni, jamais a cura ao que atormenta
Inferno

Artistas mercantilistas do espírito... O desprezo, o mais profundo desprezo... Jamais se julgam sob o jugo de uma mesma espécie
Miríades de eternidade despedaçadas em absoluta falta de ação e/ou ação erigida no equívoco do erro

Soturno, sozinho, silencioso, estranho poeta gótico destilando seu Dark Side em linhas textuais 
Alma exorbitada em esferas conceituais etereamente vagas

Regresso no refugo retroagindo em vícios malditos
Foices do hábito ceifando céleres pensamentos
Infringindo inferências, obliterando a onipotência do indagar
Erigindo edificações esculpidas na loucura química
POR ISSO ME APRAZEM TANTO  JARDINS DE FOGO EM INFERNOS SUBALTERNOS,
 LIMBOS OUTONAIS EM DIGRESSÕES NA EXISTÊNCIA CINZENTA,
 CÉUS DE ÉTER EM PREMISSAS ETERNAIS...
SAGRANDO A UNIVOCIDADE INFINITA DE CADA MOMENTO...




JOÃO OLMEDO